Publicado em 24/10/2018

Conheça a histórica Vila Luís Carlos em Guararema

Conheça a histórica Vila Luís Carlos em Guararema

Há cerca de uma hora de São Paulo, Guararema guarda uma das vilas históricos mais charmosas e bem preservadas da região metropolitana. Estou falando da Vila Luís Carlos, que oferece ao visitante uma volta ao passado.

A história da vila se remete à construção da Estação Ferroviária Luís Carlos em 1914 pela Central do Brasil. Com sua inauguração, a partir de 1920, inúmeras casinhas foram sendo construídas ao redor, o que resultou no surgimento da Vila Luís Carlos. Seu nome é uma homenagem a Luís Carlos da Fonseca Monteiro de Barros, engenheiro civil carioca que assim que mudou-se para São Paulo, se tornou chefe do 2º Distrito de Tráfego da Central do Brasil e ordenou a construção da estação, que era uma antiga reivindicação de imigrantes da cidade que moravam na região e precisam embarcar a produção de suas lavouras para outras importantes, como Rio e São Paulo. Além de engenheiro e servidor público da Central do Brasil, Luís Carlos era poeta e teve vários trabalhos publicados, o que o levou a ser nomeado em 1926 para a cadeira 18 da Academia Brasileira de Letras.

Com a desativação da estação, a pequena Vila Luís Carlos passou anos abandonada até ser totalmente restaurada e revitalizada para receber o projeto turístico da Maria Fumaça em 2015, que liga o Centro à Vila. 20 construções históricas que rodeiam a estação também tiveram suas fachadas tombadas pela prefeitura como patrimônio cultural de Guararema. Atualmente, as simpáticas e coloridas casinhas foram transformadas em restaurantes, bares, lojas e centros culturais.

Cercada por sítios e fazendas, a vila em si tem apenas duas ruas, mas tem várias atrações interessantes e uma boa estrutura turística, com banheiros públicos e centro de atendimento ao turista. Vale ressaltar que como a maioria dos turistas são trazidos pela Maria Fumaça, boa parte do comércio da vila só funciona aos finais de semana e feriados, que são os dias de funcionamento do passeio de trem.

Ah, a Vila Luís Carlos também passou a ser considerado um importante polo cinematográfico regional, sendo cenário de filmes como “Gregório 38”, “Sangue em Santa Maria” e “O menino jornaleiro”, com Tonico e Tinoco. Entre os dias 9 e 18 de novembro, a vila também receberá o FESTICINI: Festival Internacional de Cinema Independente.

Atrações:

» Estação Luís Carlos (Fotos na Galeria)
Marco histórico e arquitetônico da vila, a estação ferroviária tem arquitetura simples e fachada tipicamente inspirada nas estações inglesas. Em seu interior funciona atualmente um pequeno museu com objetos de época e uma interessante maquela da vila.

» Plataforma embarque/desembarque (Fotos na Galeria)

» Maria Fumaça (Fotos na Galeria)
O passeio de Maria Fumaça “Trem de Guararema” foi inaugurada em 16 de outubro de 2015 pela ABPF (Associação Brasileira de Preservação ferroviária) e rapidamente se tornou um dos passeios mais interessantes e requisitados da região de Guararema. É composta de três carros de madeira fabricados na Inglaterra e uma locomotiva a vapor fabricada nos Estados Unidos em 1927 e batizada de 353. Os visitante podem viajar em dois tipos de carro:

Classe Turística: realizado nos carros fechados de madeira.
Caboose: onde os viajantes podem viajar nas varandas.

O passeio tem duração total de duas horas, que inclui todo o trajeto saindo da estação central em Guararema à Luís Carlos, parada na vila para visitação e retorno a Guararema, sendo que o trajeto de 6,8 km entre as duas estações é feito em cerca de 30 minutos. O valor do passeio é de R$60,00 por pessoa na classe turística e de R$80,00 no Caboose.

» Pátio José de Souza (Fotos na Galeria)

» Igreja de São Lourenço (Fotos na Galeria)
A pequena Igreja de São Lourenço foi construída em 1906 em homenagem a São Lourenço, santo espanhol e considerado um mártir por ter sido queimado vivo sobre um braseiro ardente defendendo cristãos. Todo o dia 10 de agosto é celebrada a festa em homenagem ao santo.

» Pátio dos Imigrantes (Fotos na Galeria)

» Centro de Informações Turísticas (Fotos na Galeria)

» Empório Cultural Megandra (Fotos na Galeria)
O espaço é um mix de loja e café, onde é possível encontrar os mais diversos produtos.

» Escola Municipal João Baptista Jungers (Fotos na Galeria)

» Espaço de Exposições Engenheiro Luís Carlos da Fonseca Monteiro de Barros (Fotos na Galeria)
É nesse espaço que será realizado entre os dias 9 e 18 de novembro o Festival Internacional de Cinema Independente.

» Viela Elias Cecin Zoghbi (Fotos na Galeria)
Essa pequena viela presta homenagem a Elias Cecin Zoghbi, libanes que veio para Luís Carlos em 1916 e que se dedicou à lavoura e ao comércio, contribuindo para o desenvolvimento da vila.

» Igreja Assembleia de Deus (Fotos na Galeria)

» Bicicletário (Fotos na Galeria)

» Como chegar: (Fotos na Galeria)
A Vila Luís Carlos fica localizada há cerca de 10 minutos do centro de Guararema – é só pegar a Rodovia Henrique Eroles no sentido Mogi das Cruzes, pegar o acesso à Estrada Municipal Romeu Tanganelli e depois a Estrada Municipal Sabaúna Luís Carlos.

Voltar